Falsos sermões, não!

Crescemos a aprender valores como responsabilidade e carácter. Ensinam-nos que devemos assumir, sem rodeios, os nossos erros e ser frontais em relação às consequências. Não há nada pior do que alguém a tentar relegar as suas quotas de culpa para cima de outro alguém e não assumir de forma directa e correcta que cometeu um erro, porque afinal de contas somos humanos e todos erramos pelas mais variadas razões.

E eu sou assim, eu assumo tudo aquilo que faço. Talvez até assuma mais prontamente os erros do que as façanhas.

Agora, se há coisa que detesto é que se armem em falsos pregadores comigo. Detesto pseudolíderes com discursos clichés – ainda para mais repetidos – cuja intenção é unicamente parecerem algo que, por muito que tentem, nunca o serão.

E até acredito que há quem compre essa venda dissimulada. Eu não compro!

11 Diabruras:

MRPereira disse...

Há chefes (não líderes) que metem a cassete e deixam andar. Enquanto vender não têm que se preocupar!

O problema é que essa cassete, da primeira vez que a ouves, parece-te bem! Se à segunda, terceira, décima quinta, for igualzinha, começa a vir com ruído. Soa a estranho e cheira a bolor!

Já trabalhei com chefes assim!

Kiss

Vera, a Loira disse...

Ainda há muitas pessoas que querem mostrar aos outros aquilo que não são. Eu, tal como tu, continuo a achar que se formos nós mesmos, no modo de pensar e de agir, somos muito mais livres e felizes.

Quanto à resposta ao teu comentário de ontem, vou copiar aqui o que te disse lá, no meu blog:
"Nada que já não te tivesse dito, gosto mesmo da forma como escreves e portanto acho mesmo que devias ganhar, pelo menos assim, muitas mais pessoas poderiam apreciar o teu blog."


Beijo.

Ulisses disse...

E fazes bem...
...eu também não...

:)

Kika disse...

Não sei se há quem compre, mas que há quem faça de conta que compra só porque é mais conveniente, isso há. E assim, não se acabam os pregadores baratos.

Manuela disse...

Louise, vim espreitar, porque achei muito correcto o comentário que deixaste no post "Plástico is forever". Gostei, vou voltar :)

Louise disse...

MRPereira,
Precisamente. E eu como detesto gente repetitiva... não funciona comigo.


Vera,
Muito muito obrigada. Saber que pelo menos uma pessoa pensa assim é razão mais do que suficiente para continuar a escrever :)

Ulisses,
Só lamento que as pessoas que tentam vender não percebam isso.


Kika,
Tens toda a razão. E essas, quase me irritam tanto ou mais do que os que querem vender.


Manuela,
Obrigada. Fico contente com a tua presença por aqui, por isso bem-vinda :)

Mak, o Mau disse...

Eu também gostei do comentário no Plástico is forever, embora tenha achado o autor do post algo genial.

Em relação a falsos líderes, etc, oiço pouco o que os outros me dizem ou me tentam impingir. Estou ocupado demais a tentar perceber qual das vozes na minha cabeça é que tem razão.

;)

Ruben Patrick disse...

Nunca te deixes vergar.

Louise disse...

Mak,
o autor do post é sempre genial... tirando as vezes em que não o é, claro está ;)

Ruben,
Jamais. Sou uma idealista, e isso diz tudo.

Osga disse...

Nem mesmo o ser mais iluminado deste planeta poderá ter a capacidade de repreender seja quem for.Estamos todos em constante aprendizagem logo antes de se ter a necessidade da critica para com os outros devemos sempre olhar o eu!

Olhos Dourados disse...

Podes crer!

Enviar um comentário

Agradeço desde já tudo* aquilo que o diabo dentro de ti possa ter para dizer...

*excepto tudo aquilo que o diabo dentro de mim não concordar

Related Posts with Thumbnails