5 Sentidos

Quem olha para mim julga que me mato à fome ou que sou daqueles seres que têm aversão à comida. Que não toco em doces, chocolates ou massas cheias de natas. Magrita portanto.

E o que é facto é que tenho algum cuidado com aquilo que como, porque acredito que a saúde passa 90% por aquilo que colocamos dentro de nós.

Agora, o que muitos nem sequer imaginam, é que eu passo, literalmente, o dia a pensar em comida.  E pior do que isso: se passa muito da hora da minha refeição converto-me numa criancinha irritante e fico mesmo birrenta.

Mal acordo só penso no pequeno almoço: torradas, cereais ou sandes cheia de queijo??? No período da manhã, a cada 15 minutos, estou a ponderar as diversas alternativas para a refeição, e com o aproximar do meio dia já salivo e quase lhe sinto o cheiro. Mal termino o almoço e já estou com ela fisgada para o que será o meu lanchinho.
Assim que saio do trabalho toda a minha concentração passa para a fase seguinte: o jantar. Peixe? Carne? Rápido ou Elaborado? Tudo o resto desliga e o importante é a comidinha que aí virá.
E claro, o último pensamento que tenho assim que a cabeça encontra a almofada é algo como “quanto mais depressa adormecer, mais depressa chega o pequeno almoço’.

Como é óbvio, as refeições são verdadeiras sinfonias para o meu paladar. Aquele pastel de nata quentinho que se derreta na boca, aquela massa cremosa que me leva à loucura ou o simples arroz comido directamente da panela no final da refeição que se revela verdadeiramente orgásmico.

E se isto, por si só, já é chato, em determinadas alturas da vida chega a ser completamente ridículo.

*Pic by Deviantart

12 Diabruras:

Martini Bianco disse...

Qual ridículo? É um dos maiores prazeres da vida e assim contado por palavras tuas ainda abre mais o apetite. Se alguém que lê este blog romper a sua dieta e contenção alimentar, a culpada serás tu :)

Queen of Hearts disse...

:) Como eu te percebo. A única diferença entre nós é que eu não tenho a felicidade de ser magrinha, e portanto tenho de ter cuidados, não apenas com a saúde, mas também com a "engorda". ;) E assim não posso dar muito asas aos meus devaneios alimentares. Mas é tãããããããão prazeroso comer... Eu não acho nada ridículo, concordo integralmente com o Martini Bianco. E acho que é uma maravilha ter um paladar assim vivaço, assim aproveita-se totalmente um dos maiores gozos desta vida! ;)

Nokas disse...

Comer é um prazer!!! Eu (in)felizmente tenho cuidado, não só pela qualidade de vida, em relação à saúde, mas também porque por aquelas gordurinhas que vêm para ficar...
:)

MRPereira disse...

Eu tou a começar a fechar a boca, até porque estava a ficar demasiado pesado...


E já noto (e de que maneira) a diferença!

Mas eu tenho um "problema" parecido com o teu... :)

Kiss kiss

Johnny disse...

Eu, como homem, é quase igual, diferindo apenas o objecto da constante lembrança... no caso dos homens pensa-se, como toda a gente sabe, constantemente em... futebol :) or something like that.

Louise disse...

Martini Bianco,
Lavo daí as minhas mãos... :P

Queen of Hearts,
E depois começamos a pensar em scones quentinhos com manteiga... ou vulcões de chocolate... ou naquela massa com natas e cogumelos... nham nham (a salivar...)

Nokas disse...
Sem dúvida que é um prazer. Mas deve ser também um estilo de vida... saudável ;)

MRPereira,
O importante é sabermos resistir quando é necessário... mesmo que esteja sempre no pensamento.


Johnny,
E eu a pensar que era sexo...

Vera, a Loira disse...

Por acaso acontece-me exactamente o mesmo, mas só quando penso "Vou fazer dieta". Penso nisso e a comida não me sai da cabeça. Pelo contrário se nem me lembrar disso, por vezes até me esqueço do lanche.

Sofia disse...

Eu tb adoro comer...mas tenho de me controlar:)
Bj

Manuela disse...

Louise, que bom encontrar pessoas hoje em dia que ainda têm o prazer de comer :) É tão raro!
E cozinhar, gosta?
Beijinhos

GF disse...

Segue-me|
Selinho para ti no meu blog:
http://retalhinhosgf-gf.blogspot.com/2010/10/selo-oferecido-por-angels.html
Beijinho GF

Anónimo disse...

Olá! Comecei hoje a ler o seu Blog e deparo-me logo com este post com o qual me identifico. Gostei muito. Gina

Louise disse...

Bem vinda Gina :)

Enviar um comentário

Agradeço desde já tudo* aquilo que o diabo dentro de ti possa ter para dizer...

*excepto tudo aquilo que o diabo dentro de mim não concordar

Related Posts with Thumbnails