Rumo à quase perfeição.

É curioso como nós olhamos para as pessoas à nossa volta que nos são desconhecidas e, automaticamente, vemos uma parede de confiança, segurança e firmeza que a nós nos parece apenas uma utopia.

Acreditamos sempre que os outros são mais seguros e cheios de certezas do que nós próprios, que sabem do que falam, que sabem o que fazem e que são o pacote real.
Ao passo que nós, no fundo no fundo, somos apenas uma fraude. Mostramos algo que na realidade não somos, temos inseguranças e incertezas e nem sequer acreditamos ser aquele excelente profissional ou aquele amigo sábio que todos julgam sermos. E vivemos com o receio de, mais tarde ou mais cedo, o nosso pequeno segredo ser descoberto.

Mas, no final de contas, não seremos todos assim? Não teremos todos inseguranças e incertezas? Não acreditamos todos ser uma pequena fraude em algum aspecto da vida? Não que na realidade o sejamos, simplesmente sabemos no nosso âmago que não somos perfeitos. E isso só contribui para que melhoremos sempre um bocadinho mais.

13 Diabruras:

Sofia disse...

É verdade, Louise...
É uma coisa que tenho tentado combater é esta minha insegurança... E tenho conseguido:)
Mas, há dias mais difíceis...
Beijinhos

S* disse...

Todos temos um lado forte e um lado fraco... há que haver esforço para que a força impere. No entanto, nem sempre é fácil.

Martini Bianco disse...

Falaste em algo que todas as pessoas têm, mas que poucas o afirmam, especialmente na blogosfera. Leio essa firmeza, essa segurança em muitos sítios, mas talvez se conhecesse quem está por de trás desses blogues, talvez ficasse com outra impressão. Acho que muita gente escreve para se auto-motivar a algo. Escrever, por exemplo que "sou forte", "sou o maior" de modo a se sentir motivado a ser forte, ou o maior, e por aí fora. E eu sou um exemplo do que não é firmeza, do que não é segurança, muitas vezes abordando assuntos que não são nada agradáveis, mas que julgo também merecerem o seu espaço, até por que de cor-de-rosa já anda a blogosfera cheia.

Louise disse...

Sofia,
Tal como tu, penso que todos nós. E essa é a grande realidades por muito que às vezes acreditemos no contrário.

S*,
Nem mais. Ambos os lados existem em todas as pessoas.


Martini,
Sim, é verdade que o facto de afirmarmos algo - por palavras escritas ou faladas - nos faz acreditar mais nelas.
A questão é que muitas vezes achamos que só nós padecemos desse mal, quando na realidade e regra geral nunca o que parece é.

Vontade de disse...

Este meu lado mais... íntimo... muita pouca gente conhece. Não que tenha vergonha, não que sinta medo, apenas é um lado mais oculto e mais MEU.

Manuela disse...

Louise, todos, mas todos, temos as nossas incertezas e inseguranças. Alguns aparentam mais, outros menos, no entanto considero que fazem parte do ser humano e tal como dizes, nos permitem melhorar a nossa maneira de ser e estar, perante os outros.
Beijinhos :)

Ulisses disse...

O que é curioso é que, passe a aparente contradição, só ficamos seguros quando aceitamos as nossas inseguranças...

:)

Louise disse...

Ora nem mais Ulisses ;)

Poetic GIRL disse...

Acho que mesmo as pessoas que aparentam ser seguras sentem as suas inseguranças.... beijocas

Johnny disse...

Depende do que se trata. Há coisas em mim em que eu sou muito confiante e outras em que sou pouco. Quero até crer que eu até sou objectivo e o mais certo é ser bom numas coisas e mau noutras.

Mas como alguém disse, faz-se como na arbitragem da patinagem artística: tira-se a pontuação mais alta, tira-se a pontuação mais baixa e faz-se a média do que resta.

A Minha Essência disse...

Verdade nua e crua! :)

AVOGI disse...

Qual de nós não tem por um momento do dia uma certa insegurança? Ninguém, posso-te garantir. a insegurança vem embutida, encastrada no nosso corpo.
kis :=(

pink poison disse...

Um ano de terapia faz-me dizer que estás muito bem no que dizes mas os outros, nunca são o que mostram...

Enviar um comentário

Agradeço desde já tudo* aquilo que o diabo dentro de ti possa ter para dizer...

*excepto tudo aquilo que o diabo dentro de mim não concordar

Related Posts with Thumbnails