To be or not to be??!!

Para o tema de hoje, picuinhas é o que está em causa.

Mais uma vez, tudo o que são exageros ou extremos, na minha opinião, não são nunca uma boa opção. Eu tento ser cautelosa com o meu trabalho, com a minha vida pessoal, com as escolhas que vou fazendo – seja o prato que vou comer, o trabalho que vou entregar ou a mobília que escolho para a casa.
Mas a meu ver há uma enorme diferença entre ser-se cauteloso e ser-se picuinhas.

Nunca nada está bem, nunca nada lhes serve, reclamam vezes infinitas por motivos que muitas vezes nem têm razão de ser, e no final acabam até por aceitar algo num estilo muito “ok, aceito, mas não me serve de todo”.
E o pior de tudo é que, muitas pessoas fazem isto, não porque na realidade achem que há algo de errado, mas porque sentem uma certa necessidade de se evidenciarem. Como quem diz “eu sou uma pessoa muito culta-inteligente-com-gosto-requintado e não me contento com qualquer coisa”.

E depois, na generalidade dos casos, o que alcançam com essa atitude? Muito pouco ou nada. Acabam por ficar servidos, talvez até, com um produto inferior ao original, com mais tempo da sua vida despendido, com mais chatices do que as que necessitaria e talvez mesmo com mais inimigos.

Ser cauteloso e cuidadoso sim, reclamar quando há razões para isso sim. Mas viver em função de uma perfeição irrisória só causa transtorno e faz com que, na verdade, não se aproveite aquilo que se tem.

4 Diabruras:

Rita G. disse...

É verdade, enquanto lia o post lembrei-me de uma série de situações dessas a que já assisti! Reclamar sim, mas quando há mesmo razões para isso. bj!

Sofia disse...

Os picuinhas fazem-me comichões....
Beijos

Martini Bianco disse...

Como o cúmulo do picuismo conheço uma pessoa só compra roupa e até eletro-domésticos no El Corte Ingles e não na Worten porque a Worten é mal frequentada. Não compra mobília no Ikea e manda vir de Paços de Ferreira porque o Ikea não presta, que só viaja na TAP (pagando o dobro ou o triplo) porque nas low costs não há segurança, para terminar, parece que o feitiço virou-se contra o feiticeiro pois ele anda desesperado devido à cena que aconteceu no BPP, porque os bancos tradicionais para ele não serviam para depósitos...

Plim disse...

God, como me lembrei de algumas pessoas que conheço. Essas pessoas por vezes irritam-me, mesmo quando sou eu, porque reconheço que às vezes exagero! =X

Enviar um comentário

Agradeço desde já tudo* aquilo que o diabo dentro de ti possa ter para dizer...

*excepto tudo aquilo que o diabo dentro de mim não concordar

Related Posts with Thumbnails