E nada de novo.

Ultimamente tenho andado mais do que desligada dos assuntos de política. Sei o essencial que se resume a muito pouco e nada de novo: estamos mal, o país está cada vez pior, rumamos em direcção a um desconhecido bastante sombrio e não parece haver nenhuma luz ao fundo do túnel.
As noticias é mais do mesmo e nada de novo, os políticos falam o que sempre falaram e nada de novo, o povo reclama e não age e nada de novo.

E portanto restam-me, a mim, 2 alternativas: ou entro em depressão total e vivo em constante temor com as temáticas do desemprego e endividamento do país e FMIs e outros que tais, ou remeto-me a viver a minha vida um pouco à margem do que se vai passando.
Escolho a segunda pois claro. E venha o primeiro criticar-me!

Sou incapaz, por muito que tente, de viver com o pessimismo. Nem tão pouco quero. Prefiro ignorar – ou tentar – o que de mal se passa à minha volta e para o qual não posso ter nenhuma participação positiva. É que cheguei à conclusão que de nada me vale, a mim ou ao país, viver em tormento e aflição. Por isso vou colocando à margem todos esses problemas sociais e económicos e lá vou fazendo de conta que não é assim tão grave como parece. Que não é nada comigo, vá.

O problema mesmo é estarem aí à porta as eleições e eu não fazer ideia em quem é que irei votar.

4 Diabruras:

Queen of Hearts disse...

Não poderia identificar-me mais com este post. É que eu faço EXACTAMENTE a mesma coisa. Tento ignorar os maus ventos e viver a minha vida à margem, concentrada nos meus meios e nas minhas coisas. Nem sempre é fácil, porque toda a gente fala do mesmo, sempre, a toda a hora. Mas eu tento, ai se tento!

Rita G. disse...

Escolher sempre passar ao lado do pessimismo, tens razão. Eu sei em quem vou votar, há muito que fiz a minha escolha, mas tb acho que o P.R não pode fazer milagres...o país está num estado complicado, as pessoas andam "com a corda ao pescoço", mas é como dizes, não nos podemos deixar levar pelo pessimismo. bj!

Manuela disse...

Louise, tal e qual eu tento fazer. Nunca me lembra em toda a minha vida de adulta, de não ouvir falar em crise...
Quanto às próximas eleições, não te preocupes, pois já sabemos todos, que vai ganhar.
Beijinhos :)

Martini Bianco disse...

Olá, por acaso hoje também escrevi sobre essa temática e até tenho uma sugestão para todos aqueles que se encontram indecisos em quem votar.

Enviar um comentário

Agradeço desde já tudo* aquilo que o diabo dentro de ti possa ter para dizer...

*excepto tudo aquilo que o diabo dentro de mim não concordar

Related Posts with Thumbnails