Razão ou Frustração


Eu até percebo que, ao final do dia de trabalho, o pessoal se sinta frustrado e queira descarregar as frustrações do dia, quiçá da vida inteira, em quem com eles partilha a estrada – ao contrário da crença dessas pessoas de que a estrada é apenas e exclusivamente sua e que mais ninguém a deveria utilizar.
Agora logo pela manhã eu não consigo compreender.

Logo cedinho, em que ainda nem sequer deu tempo para acordar devidamente e consequentemente a capacidade de raciocínio está a meio gás, a malta devia estar mais calma, mais relaxada.  

Não deviam estar predispostos a chatear o resto do pessoal que também tem de circular pelas estradas fora. Não deviam fazer asneira e ainda reclamarem e oferecerem porrada quando chamados à atenção. Sim, porque muitas vezes uma buzinadela – para quem possa não saber – significa apenas um aviso, um alerta para uma eventual distracção. É que muitas vezes a buzina é a única forma de avisarmos os outros condutores da nossa presença ou de que algo está mal.

E a mim chega-me perfeitamente um gesto em sinal de “desculpe, estava distraído(a)” e a coisa fica por ali.

Mas não! Claro que não. É obrigatório espavorir, reclamar e até ofender. E admitir que nos distraímos?! Isso é que nem pensar. Nós estamos sempre correctos e os outros errados.

E porquê? Porque somos uns frustrados de merda que temos de descarregar o nosso péssimo humor em alguém e dar asas ao nosso Id e aos nossos desejos de sermos uns perfeitos cretinos.

Eu por mim falo.

*Pic by deviantart

15 Diabruras:

meldevespas disse...

Mea culpa...confesso que ja chamei cabrao a uns quantos....mas isto aqui ´´e tao calmo que qd acontece alguma coisa, a malta tem que imprimir alguma acçao, entendes?
Ai na cidade grande calculo que seja sempre uma grande caldeira em ebuliçao. Haja paciencia.
Beijinho

anouc disse...

Há pessoas que só estão à espera de uma esculpa para poderem descarregar um pouco da sua raiva.

Vera, a Loira disse...

Já li algures que o pior das pessoas se manifesta na condução.

inês zép disse...

adorei a imagem (:
e é verdade, quando estamos chateados temos sempre a tendência de descarregar nos outros :/ mau hábito.
beijinho *

Martini Bianco disse...

É por isso que tenho a sorte de poder ir de metro. Mas a má disposição que se vê na estrada muitas vezes aliada à do ambiente de trabalho juntas são explosivas. Felizmente neste momento não tenho nada disso, mas entendo a revolta. Isso pela hora de almoço já passa :)

pink poison disse...

Conheço alguns "cabrões" do asfalto... Mas aprendi a mandar tudo para um botão: o do rádio... Fecho os vidros, aumento o volume e até me concentro melhor... Beijo

clara disse...

é um defeito dos portugueses.
Os maiores carneirinhyos, na estrada, armam-se em leões.
Pena, é o que tenho deles.

MRPereira disse...

Eu tem dias... Há dias em que nada me perturba e há dias em que qualquer coisinha e começo logo a disparatar! Mas normalmente sou eu a buzinar e não o buzinado... Nessas alturas, sou por regra o primeiro a pedir desculpa...

Kiss kiss

Patife disse...

O Patife canaliza toda a má energia, raiva e mau humor para os outros, mas sem usar palavras. O corpo fala melhor e é muito mais eficaz. ;)

A Minha Essência disse...

As atitudes são o reflexo do carácter de cada um.
Isto hoje não está fácil não...

Beijo

Louise disse...

meldevespas,
é isso mesmo: uma caldeira em ebulição. É impressionante o tão pouco que pode originar reacções más.

anouc,
Sim, pelo menos assim sinto-me útil na sociedade, já que ajudo o pessoal a descarregar.

Vera, a Loira,
Nunca li isso, mas concordo.

Louise disse...

inês zép,
sim é uma tendência péssima e que temos de nos obrigar a extinguir das nossas vidas.

Martini Bianco,
Olha que também já assistia a umas belas descargas de frustrações no metro. E aí a coisa ainda é pior.

pink poison,
Sim, mas há alturas em que simplesmente não dá para ignorar... pronto, e feitios também.

clara,
LOLOL... olha que nunca tinha pensado nisso. Mas acho que tens razão.

Louise disse...

MRPereira,
Pois, é como eu. Mas o problema é que as pessoas não percebem que nem sempre uma buzinadela é sinal de reclamação, por vezes é mesmo somente um aviso.

Patife,
Tem toda a razão. Mas nem sempre podemos usar o corpo não é ...? E convenhamos que uma mulher é diferente de um homem... somos menos fortes, entenda-se ;)

A Minha Essência,
É verdade, mas por vezes também são somente o estado de espirito do momento.

Johnny disse...

Só há três tipos de condutores: os palermas que andam devagar, os malucos que andam muito rápido e nós.

Ulisses disse...

Pá, eu normalmente ignoro esses ases da estrada, os Ayrton Senna's dos pobres...

...e normalmente só sinto mesmo pena, porque são realmente uns frustraditos...

:)

Enviar um comentário

Agradeço desde já tudo* aquilo que o diabo dentro de ti possa ter para dizer...

*excepto tudo aquilo que o diabo dentro de mim não concordar

Related Posts with Thumbnails